Fone: (96) 3281-1530 | (96) 99131-4759 E-mail: contatos@ferroeacosantana.com.br

Dúvidas Frequentes - Ferro e Aço Santana AP

Você está em:

Nesta seção você pode esclarecer todas as suas dúvidas referentes aos produtos e à empresa, caso a sua dúvida não esteja aqui, envie-nos uma mensagem.

Bom o aço é uma liga metálica formada essencialmente por ferro e carbono com porcentagens de carbono variando entre 0,008 e 2,11%.

Diferente do ferro fundido, que também é formado por ferro carbono, mas com teor maior, entre 2,11 e 6,67% de carbono.

Então a diferença fundamental entre aço e ferro fundido é que o aço resiste a maior pressão sobre a sua matéria sem que aja fratura (quebra) de peça, no caso do ferro fundido qualquer pressão exercida facilmente causa a quebra da peça.

Por ter como agente ativo o Hipoclorito de Sódio (NaClO), a água sanitária irá provocar corrosão na maioria dos aços inoxidáveis, mesmo a temperatura ambiente e concentração de 5%.

Este número refere-se a resistência que o aço tem ao escoamento, sendo assim, o aço CA-60 resiste a 600 Mpa, o CA-50 a 500 Mpa e o CA-25 a 250 Mpa, isto é, quanto maior o número do aço mais resistente ao escoamento ele é.

Os aços CA-50 e CA-60 possuem a superfície nervurada e o aço CA-25 e fabricado com superfície lisa.

Sim. São chamados aços patináveis, porque quando expostos sem nenhuma proteção ao ambiente, formam uma camada de óxido protetora, aderente e impermeável na sua superfície, conhecida como pátina, que apresenta um efeito protetor da superfície do aço contra a continuidade do processo de oxidação.

A resistência à corrosão atmosférica deste tipo de aço é no mínimo 3 vezes maior que a dos aços estruturais tradicionais.

Os aços patináveis aliam a resistência à corrosão atmosférica, à elevada resistência mecânica, boa conformabilidade e boa soldabilidade.

Devido às suas excelentes características, os aços estruturais patináveis podem ser usados para estruturas de prédios, pontes, viadutos, galpões, torres e muitos outros.

Sim. São muitas as vantagens.

Eis algumas delas:

Projeto arquitetônico praticamente ilimitado Transparência, esbeltes e leveza Grandes vãos livres, permitindo espaços mais flexíveis Colunas esbeltas, possibilitando maior área útil nos andares Fundações mais baratas devido ao menor peso da estrutura Facilidade de modificação futura (reforço, ampliação) Capacidade de absorver ações excepcionais (terremotos, colisões).

Sim. O aço é uma das matérias-primas que menos agride o meio ambiente, pois ao utilizar sucata de aço para a produção de um novo aço, proporciona-se economia de recursos naturais e de energia. É um material 100% reciclável, que se abandonado no meio ambiente, retornará para a natureza em 5 anos, na forma de óxido de ferro.